maio 13, 2010

és um persistente sentimental

não quero deitar nada a perder por ti. não vales o esforço, nem o meu sofrimento, nem o meu empenho. não mereces a minha ansiedade, não mereces a minha obsessão, não mereces ser a minha memoria, nem o constante lembrete da minha cabeça que apita, como se fosse um despertador completamente irritante!
não te encontro. eu quero mas não quero. ele esta comigo e eu quero-o comigo não te aproximes não estragues tudo o que consegui e não me faças mais sofrer. és como um íman que por mais que me magoe puxa-me sempre para perto dele. és como uma musica que não gosto mas que sou obrigada a cantar todos os dias porque me lembro. odeio-te a ti e odeio-me a mim por não te dar um outro titulo ou definição pelo que foste e já não és. não dá para seguir viagem por mais que seja feliz neste momento tu fazes-me infeliz por te recordar! eu vou contar-lhe. ele vai saber onde estás mas não te vai magoar. ele vai me compreender e vai me ajudar a deixar-te para trás. de vez.

ele não te vai magoar, porque estas na minha consciência.
mas entende nada disto e paixão.

3 comentários:

  1. Está MAGNIFICOO +.+
    (vou seguir Carolina)

    ResponderEliminar
  2. (Peço desculpa o tempo que demorei a responder ao teu comentário, mas é que a semana que passou não foi fácil devido aos testes :s)
    Óhh não tens que agradecer :)
    Segui porque gostei do que liii *.*

    ResponderEliminar